Ultimas Notícias

Voltar

Abril Verde: “Construção do trabalho seguro e decente em tempos de crise” vai pautar Programa Trabalho Seguro

Data de criação: 02/4/2020 15:15:00

“Construção do trabalho seguro e decente em tempos de crise: prevenção de acidentes e de doenças ocupacionais” – esse foi o tema aprovado pela presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), ministra Cristina Peduzzi, para pautar o Programa Trabalho Seguro da Justiça do Trabalho no biênio 2020/2022. As ações do Programa também marcam o “Abril Verde”, campanha que tradicionalmente promove a conscientização sobre a importância da segurança e da saúde do trabalhador brasileiro.

O objetivo da mobilização é chamar a atenção para a importância de prevenir os acidentes de trabalho, que no Brasil são registrados a cada 49 segundos de acordo com o Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho do Ministério do Trabalho.

Este ano, no “Abril Verde”, as ações da Justiça do Trabalho vão correlacionar a necessidade de um ambiente de trabalho seguro diante da pandemia do coronavírus enfrentada em todo o mundo. Para o desembargador do TRT/RJ Alexandre Teixeira de Freitas Bastos Cunha - gestor do Programa Trabalho Seguro na 1ª Região, ao lado do juiz do trabalho Francisco Montenegro Neto -, é importante estabelecer o nexo entre o momento atual e a segurança do trabalhador.

O desembargador reforça que a integridade física e emocional do ser humano que trabalha é uma preocupação permanente do Poder Judiciário. “Em tempos tão incertos, como o atual, essa preocupação deve ser ainda maior. O aprendizado, para todos mantermos a saúde, deve ficar como um legado positivo para quando superada a crise”, destaca ele. O juiz Francisco Neto complementa: “Nesse momento, precisamos buscar a prevenção dentro de nossas casas. O isolamento reduzirá a demanda por serviços de saúde, ajudando os profissionais da área no enfrentamento da pandemia”.

Durante o mês de abril, no Regional fluminense, serão publicadas matérias temáticas no site do TRT/RJ, bem como realizadas ações de divulgação do tema nas principais redes sociais, como Facebook e Instagram.

POR QUE O MÊS DE ABRIL?

O mês de abril é marcado, em vários países, como uma época de atenção para os trabalhadores que sofrem acidentes durante suas atividades laborais todos os dias. A Organização Internacional do Trabalho (OIT) instituiu o dia 28 de abril como o Dia Mundial da Segurança e da Saúde no Trabalho, em memória às vítimas de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho. No Brasil, a Lei 11.121/2005 instituiu o mesmo dia como o Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho.

A COVID-19 E SEU ENFRENTAMENTO POR TODOS

Como parte das ações do “Abril Verde”, confira o texto da infectologista Tânia Vergara, presidente da Sociedade de Infectologia do Rio de Janeiro:

“Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. Foram isolados pela primeira vez em 1937. O nome foi escolhido em 1965 quando a microscopia revelou que parecia uma coroa. O novo coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China. Provoca a doença chamada de covid-19.

A doença causada pelo COV-2, coronavirus causador da covid-19 se manifesta com sintomas semelhantes a um resfriado ou gripe, mas que pode evoluir de forma grave, levando a insuficiência respiratória e morte.      

Vivemos atualmente no Rio de Janeiro, como no mundo todo, uma situação epidêmica em plena fase de ascensão. Na tentativa de reduzir o número de pessoas infectadas e que precisem utilizar, em um mesmo momento, do sistema de saúde, estão sendo tomadas medidas de isolamento social. Neste período, precisamos aumentar a disponibilidade de leitos hospitalares, comprar  respiradores e equipamentos de proteção individual, desenvolver e adquirir testes diagnósticos e preparar as equipes de saúde. Para que todas essas ações sejam possíveis é absolutamente indispensável a participação da sociedade civil e de todo o empresariado. Necessitamos de milhares de leitos disponíveis, seja de enfermarias ou de CTI. Necessitaremos de um contingente enorme de profissionais de saúde. Precisamos atender a todas as camadas da população, em especial os menos favorecidos ou em estado de miséria.

Só com muito trabalho, dedicação e empenho de todos temos alguma chance de sairmos com menos perdas humanas.”

assinatura_AIC