Notícias

Voltar

TRT/RJ REDUZ ACERVO DE PROCESSOS ENVOLVENDO GRANDES LITIGANTES

CGE
Data de criação: 19/3/2019 12:27:00

Em 2018, o Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT/RJ) conseguiu reduzir em aproximadamente 24,1% o acervo dos processos em tramitação envolvendo os 10 maiores litigantesem relação a 2017. O percentual equivale a menos 20.909 processos e, com isso, o Regional ficou 29,1% acima da meta estipulada para o ano. O resultado foi apresentado na 1ª Reunião da Análise da Estratégia de 2019, realizada pelo Tribunal na tarde desta segunda-feira (18/3).

O indicador está alinhado a uma meta nacional do Poder Judiciário, estabelecida pelo Conselho Nacional da Justiça do Trabalho (CNJ), e apresentou o melhor desempenho da série histórica da 1ª Região, considerando os anos de 2015, 2016 e 2017. Os 10 maiores litigantes de 2018 são: Itaú Unibanco S.A; Via Varejo S.A.; Petrobras; Cedae; Banco Bradesco S.A; Pro Saúde - Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar; Serede – Serviços de Rede S.A; Caixa Econômica Federal; Banco Santander (Brasil) S.A; e Hospital Maternidade Therezinha de Jesus.

O objetivo principal da reunião, conduzida pelo presidente do TRT/RJ, desembargador José da Fonseca Martins Junior, foi analisar os resultados dos indicadores e metas estratégicas de 2018 e o andamento dos projetos estratégicos que constam no Plano Estratégico Plurianual 2015-2020.

Um desses projetos   considerado piloto, pois está implantado em alguns fóruns com a proposta de que seja estendido  é o Conforto pré-Audiência, cujo objetivo é melhorar as condições de circulação e uso das áreas destinadas à concentração do público que aguarda as audiências nos fóruns de Angra dos Reis, Araruama, Cabo Frio, Itaperuna e Magé. De acordo com o diretor-geral do TRT/RJ, Luis Felipe Carrapatoso Peralta da Silva, falta muito pouco para o projeto ser concluído – basicamente a instalação de suportes para fraldários e de carregadores de celular , mas os requisitos essenciais relacionados ao conforto já foram garantidos. 

Outro item discutido foi a ampliação do programa de ginástica laboral e inclusão de blitz postural nas unidades judiciárias do TRT/RJ. O Conselho de Gestão Participativa e Estratégica avaliou que é importante dar seguimento ao projeto, em atenção à saúde e à qualidade de vida do quadro de pessoal do Regional, em consonância com o Plano Estratégico da Justiça do Trabalho 2015-2020, aprovado pela Resolução Administrativa nº 145/2014 do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CJST).

Participaram também da reunião as desembargadoras Mery Bucker Caminha (corregedora) e Edith Maria Corrêa Tourinho, o desembargador Jorge Fernando Gonçalves da Fonte, o presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho 1ª Região (Amatra1), juiz Ronaldo Callado, o diretor da Secretaria-Geral Judiciária, Fabio Petersen Bittencourt, o secretário-geral da Presidência, Marcelo Ribeiro de Brito, o diretor da Secretaria de Desenvolvimento Institucional, Bruno Fonseca, e a diretora da Secretaria de Orçamento, Finanças e Contabilidade (SOF), Maria de Lourdes Pires Bittencourt.

Para conhecer melhor a gestão estratégica do TRT/RJ e os resultados obtidos, clique aqui.

ASSINATURA AIC