Notícias

Voltar

TRT/RJ ANALISA INDICADORES E METAS RELATIVOS AO PRIMEIRO QUADRIMESTRE DE 2018

Data de criação: 12/6/2018 08:29:00
          

 

foto dos membros do cge reunidos em torno de uma mesa redondaO Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT/RJ) realizou, na manhã desta segunda-feira (11/6), a sua segunda Reunião de Análise da Estratégia de 2018. Na ocasião, os membros do Conselho de Gestão Estratégica (CGE) do Regional apreciaram os resultados dos indicadores e metas estratégicas apurados no período de janeiro a abril de 2018. Também foram analisadas as demandas oriundas dos responsáveis pelos Projetos Estratégicos em andamento no Tribunal.

Alguns indicadores vinculados ao Planejamento Estratégico do TRT/RJ estão positivos, já tendo sido alcançadas, em abril, as respectivas metas estipuladas para o exercício de 2018, como, por exemplo:

- indicador 7 - tempo médio de tramitação, na Justiça do Trabalho, dos processos originários do 1º grau (em dias) - a meta é reduzir, ao menos, para 1.231 dias, o prazo médio (contado desde o ajuizamento da ação até o arquivamento definitivo) - resultado acumulado: 1.140 dias (desempenho de 108%);

- indicador 8.1 - índice de processos julgados (1º grau) - a meta é julgar pelo menos 92% da quantidade de processos de conhecimento distribuídos no período - resultado acumulado: 155,9% (desempenho de 169,5%);

- indicador 13 - índice de redução do acervo dos maiores litigantes - a meta é reduzir, ao menos, para 20.894 a quantidade de processos dos 10 maiores litigantes em tramitação - resultado acumulado: acervo de 18.837 processos (desempenho da meta de 110,3%).

Outros indicadores, entretanto, ainda não apresentaram resultado satisfatório, como o "índice de conciliação - fase de conhecimento", cuja meta é aumentar para, no mínimo, para 45,37%, o índice de conciliação na fase de conhecimento em relação à média do biênio 2013/2014, tendo o resultado acumulado sido de 40,62% (desempenho de 89,53%). Um dos motivos que podem estar contribuindo para este fato, como um fator influenciador para a diminuição do número de acordos trabalhistas, é o cenário de crise econômica vivenciada pelo país, com maior profundidade pelo estado do Rio de Janeiro. Nesse sentido, os membros do CGE não vislumbraram nenhuma ação que possa contribuir para o cumprimento da meta.

Na mesma direção, o indicador "índice de execução", que possui como meta "baixar pelo menos 92% da quantidade de execuções iniciadas no período", também não atingiu a meta estabelecida, apresentando resultado acumulado de 75% (desempenho de 81,65%).

O resultado de todos os indicadores do Planejamento Estratégico 2015-2020 do TRT/RJ no período janeiro-abril/2018 pode ser consultado na página "Gestão estratégica" do portal do Tribunal, por meio do link "Resumo de Monitoramento Anual - Indicadores (atualizado até abril/2018)".

SOBRE A RAE

As Reuniões de Análise da Estratégia (RAE) têm como objetivo acompanhar os resultados dos indicadores, em cotejo com suas respectivas metas, promovendo ajustes e outras medidas necessárias à melhoria do desempenho, assim como monitorar os projetos em andamento no Regional. Os objetivos e metas que o TRT/RJ pretende alcançar, por sua vez, estão descritos no Plano Estratégico 2015-2020, documento que está alinhado às diretrizes estabelecidas pelo Conselho Nacional de Justiça e pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho.

ACOMPANHAMENTO DAS METAS NACIONAIS PELAS VTs

Alguns dos indicadores constantes do Plano Estratégico 2015-2020 estão alinhados às Metas Nacionais do Poder Judiciário. Para facilitar o acompanhamento mensal do atingimento dessas metas por parte de magistrados e servidores, a Corregedoria Regional disponibilizou, no mês de maio, um novo sistema que gera relatórios dinâmicos. Por meio desses relatórios será possível consultar, por vara do trabalho ou pelo Regional, os resultados parciais da meta no ano e a previsão mensal de produtividade para os meses seguintes, que será dinâmica, considerando que os casos novos e as soluções também variam mês a mês. As unidades também poderão gerar a lista de processos relativos às metas de pendência, para ações direcionadas a eles, conforme diligência de cada gestor.

O sistema foi desenvolvido pela Coordenadoria de Estatística, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Institucional do Tribunal, atendendo a demanda do corregedor Regional e gestor de metas, desembargador José Nascimento Araujo Netto. A ideia foi disponibilizar aos gestores das unidades judiciárias, magistrados e servidores, informações de dados nas perspectivas de produtividade e pendências de cada meta, considerando não só quanto cada unidade alcançou até o mês de referência, mas também quanto precisa alcançar/solucionar por mês para chegar ao objetivo final até novembro de 2018.

O novo método de consulta pode ser acessado na intranet pelo caminho Institucional / Secretaria da Corregedoria / Página Principal / Informações e Serviços / Metas Nacionais / Acompanhamento Dinâmico das Metas por Vara, ou diretamente pelo endereço estatisticas.trt1.jus.br/metascnj.