Notícias

Voltar

Solenidade celebra ocupação total do prédio-sede pelo TRT/RJ

cerimonia na sede
Data de criação: 14/1/2021 13:06:00

A administração do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT/RJ) celebrou mais um feito nesta quinta-feira (14/1): a inauguração de novos espaços de trabalho no prédio-sede, nos 12º, 13º e 14º andares. Antes ocupados pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Rio de Janeiro (SRTE/RJ), esses andares foram reformados em 2020, com a saída do órgão do Poder Executivo da sede (saiba mais). O Fórum Ministro Arnaldo Süssekind está agora integralmente ocupado pelo TRT/RJ, do subsolo ao 14º andar, uma medida que proporciona economia orçamentária e racionalização estrutural para a 1ª Região, com a centralização de quase toda a área administrativa em um único imóvel.

Na solenidade, o presidente do TRT/RJ, desembargador José da Fonseca Martins Junior, ressaltou a importância dessa realização. “Nós conseguimos consolidar um trabalho que tem sido feito nas últimas décadas, que é transformar esse prédio efetivamente na sede da 1ª Região, o que foi conquistado com a aquisição desses andares. Somado a isso, conseguimos uma redução significativa das despesas”, disse ele. Junto a ele, descerraram a placa de inauguração o vice-presidente, desembargador Cesar Marques Carvalho, e a desembargadora Edith Maria Corrêa Tourinho, que assume a Presidência do Regional fluminense no dia 28/1.  

A grande maioria das unidades alocadas nos novos andares ficava no edifício Barão de Mauá (na Avenida Augusto Severo), imóvel que pertence ao Banco do Brasil, e que foi totalmente desocupado pelo Regional fluminense em setembro de 2020. Para utilizar três andares do Barão de Mauá, o TRT/RJ pagava o valor de R$150 mil somente com o condomínio, uma despesa que deixou de integrar o orçamento do Regional.

Também no mês de setembro começou uma reforma no prédio-sede, que consistiu em adequar os espaços e ambientes às necessidades e aos padrões do TRT/RJ. Os serviços executados englobaram movimentação de divisórias, substituição de rebaixamento do teto por forro modulado com placas removíveis, redistribuição e complementação da iluminação dos ambientes, pintura, entre outros.

Além dos setores transferidos do edifício Barão de Mauá, os andares hoje inaugurados também abrigam unidades que foram remanejadas do prédio-sede, como é o caso da Secretaria de Desenvolvimento Institucional, que ficava na sobreloja. De acordo com a Diretoria-Geral, essas movimentações internas tiveram como objetivo proporcionar ambientes laborais mais adequados e confortáveis.

No 14º andar, há ainda uma área de convivência de 240 metros quadrados, que será utilizada para solenidades e eventos. O diretor-geral do Regional, Luis Felipe Carrapatoso, assinalou que a alocação de quase todas as unidades administrativas em um mesmo prédio proporcionará maior integração entre os setores, redução de custos e mais qualidade de vida para todos.

 

assinatura AIC