Notícias

Voltar

Aprovado o portfólio inicial dos projetos estratégicos do TRT/RJ no período 2021/2026

Imagem da sala de reunião da RAE no prédio-sede
Data de criação: 10/11/2021 12:45:00

O Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT/RJ) realizou, nesta segunda-feira (8/11), a terceira e última Reunião de Análise da Estratégia (RAE) do seu Conselho de Governança Participativa e Estratégica (CGPE) de 2021. No encontro, realizado no 12º andar do prédio-sede com participações por videoconferência, foi aprovado o portfólio inicial de projetos estratégicos do Regional fluminense para o período 2021/2026.  À frente do Conselho, a desembargadora Edith Tourinho, presidente do Tribunal, abriu os trabalhos.

Entre as iniciativas aprovadas, está o projeto “Mentoria de Vara do Trabalho”, coordenado pela Corregedoria Regional. O objetivo dessa ação é desenvolver um planejamento de trabalho junto às unidades jurisdicionais com maior dificuldade em atingir determinadas metas nacionais ou com recorrente excesso de prazo de conclusão. Assim, pretende-se melhorar o desempenho dessas unidades por meio do aprimoramento dos processos de trabalho, da capacitação dos servidores e do compartilhamento de boas práticas. O projeto teve início em abril deste ano, mas, na reunião do CGPE, ganhou o status de “estratégico” pela sua vinculação a objetivos macros definidos no Plano Estratégico 2021-2026 do TRT/RJ.

Entre os demais projetos estratégicos aprovados no encontro desta segunda-feira estão: a implementação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD); a instituição da gestão de riscos institucionais no TRT/RJ; e a criação de listas de transmissão por WhatsApp, com a finalidade de aprimorar a comunicação interna.

Durante a reunião, também foram estabelecidas as unidades responsáveis pelos resultados dos indicadores que possibilitam o monitoramento da Estratégia ciclo 2021-2026.  O diretor da Secretaria de Governança e Gestão Estratégica do Tribunal, Gustavo Galluzzi, esclareceu a importância da atribuição de responsabilidades pelos resultados. “A ideia é trazer maior transparência para o plano, auxiliar no direcionamento de esforços para impulsionamento dos resultados e permitir que as unidades saibam como e onde impactam na estratégia institucional”, disse ele.

Conciliação em destaque

Na pauta, foram abordados, ainda, os resultados dos indicadores estratégicos do período de janeiro a setembro de 2021. A conciliação continua em destaque na Primeira Região. Nesse período de nove meses, de um total de 86.386 processos solucionados, 36.934 foram encerrados em primeiro grau na fase de conhecimento por meio de conciliação (42,75%). Segundo os resultados apurados até o momento, esse indicador estratégico alcançou um desempenho parcial de 103,95% em relação à meta almejada pelo TRT/RJ de aumentar a conciliação em um ponto percentual em relação à média do biênio 2018/2019, ou seja, chegar a 41,13% até dezembro de 2021.

O índice de conciliação mede a proporção de processos do 1º grau solucionados por conciliação na fase de conhecimento, em relação ao total de solucionados no mesmo período, excetuando-se as decisões de arquivamento, desistência e declaração de incompetência, conforme glossário das metas nacionais do Poder Judiciário 2021- Justiça do Trabalho. Ele está relacionado à Meta Nacional 3 do Poder Judiciário (estimular a conciliação).

O CGPE é composto por magistrados e servidores que ocupam cargos específicos de direção no Tribunal ou atuam como representantes de associações. Confira aqui a composição atualizada do Conselho, estipulada pela Portaria nº 34/2021 (3/3/2021).

 

assinatura ACC