Últimas Notícias

Voltar

TRT/RJ participa de ação integrada voltada a pessoas em situação de rua

Data de criação: 03/8/2022 19:08:00

autoridades do TRT RJ que prestigiaram o pop judVoltado para o atendimento da população de rua por meio de diversas frentes, teve início nesta quarta-feira (3/8) o primeiro mutirão Pop Rua Jud da cidade do Rio de Janeiro, no pátio da Catedral Metropolitana (Centro do Rio de Janeiro). A ação, que vai até sexta-feira (5/8), está sendo coordenada pelo Núcleo de Conciliação e Cidadania do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2). O Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT/RJ) participa dessa mobilização por meio da prestação de serviços jurídicos (relacionados à Justiça do Trabalho), além da doação de roupas íntimas.

Do TRT/RJ, prestigiaram a solenidade de abertura do evento os desembargadores Edith Tourinho, presidente do órgão; Mery Bucker Caminha, vice-presidente; Jorge Fernando Gonçalves da Fonte, corregedor; e Maria das Graças Cabral Viegas Paranhos, presidente na gestão 2015-2017 (na foto acima). O evento conta com a parceria de todos os segmentos do Judiciário do Estado do Rio de Janeiro e de outros órgãos públicos e privados (confira aqui a lista), como os Executivos do estado e do município do Rio de Janeiro e o Ministério Público Federal.

Em seu discurso na cerimônia de abertura, o desembargador federal Guilherme Calmon Nogueira da Gama, vice-presidente do TRF2, falou sobre a importância dessa articulação entre diversas instituições. “Já contabilizei cerca de 60 entidades parceiras, entre públicas e privadas, e não me recordo de um evento que reuniu tantas elas. Com esse espírito de atuação conjunta é que vamos chegar a um mundo mais justo”, disse ele. O juiz federal José Arthur Diniz Borges também destacou o trabalho integrado que está sendo feito e observou que é um dever do Judiciário efetivar direitos sociais e prestar serviços públicos.

A força-tarefa do Pop Jud Rua envolve três eixos fundamentais: atendimento assistencial e de saúde; expedição de documentos necessários ao exercício da cidadania; e atendimento jurídico por instituições parceiras e garantia de acesso à Justiça para ações e procedimentos, com especial atenção a questões assistenciais e previdenciárias.

 

discurso do TRF2 e prestação de serviço
No primeiro quadro, discurso do vice-presidente do TRF2, desembargador Guilherme Calmon. No segundo, servidora do TRT/RJ presta serviço a morador de rua no stand da Justiça do Trabalho da 1ª Região
 

Uma das principais articuladoras da participação do TRT/RJ no Pop Rua Jud, a vice-presidente do TRT/RJ e presidente da Comissão Permanente de Responsabilidade Socioambiental (CPRSA), desembargadora Mery Bucker, reforça que o juiz deve buscar se integrar à comunidade onde exerce o seu ofício, cumprindo uma função social. A desembargadora se disse entusiasmada pela significativa adesão de voluntários (um total de 74 magistrados e servidores) para prestar serviços jurídicos aos moradores de rua, entre os quais a atermação, que permite às partes fazerem seus pleitos na Justiça do Trabalho sem o patrocínio de um advogado. 

O engajamento do TRT/RJ no evento envolveu, ainda, a doação de centenas de roupas íntimas, por frequentadores dos fóruns da capital e de outras 14 comarcas do Regional fluminense. A campanha de doação dessas peças terminou no dia 29/7.  

 

assinatura SCC